segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Os alimentos que mais ajudam a queimar gordura localizada

Foto: Os alimentos que mais ajudam a queimar gordura localizada

- Peixes e frutos do mar:

Além de ser um alimento super saudável, ele também acelera a transformação da glicose em energia, impedindo que ela seja estocada sob a forma de gordura. E além disso, os peixes e frutos do mar em geral são ricos em ômega-3, um ácido graxo que ajuda a desinflamar as células de gordura.

- Óleos:

Nesse caso, me refiro aos óleos funcionais, como os de coco, que está presente em muitas casas. Esses alimentos atuam no metabolismo das gorduras, aumentando a quebra da dos ácidos graxos para produção de energia e, consequentemente, diminuindo as reservas de gordura. Então vamos incluir mais óleo de coco nas nossas receitas.

- Probióticos:

Aqui, entram todos os alimentos que contém lactobacilos. Alguns deles produzem um tipo de gordura que é capaz de reduzir o percentual da nossa gordura. Além disso, outro benefício que esses alimentos nos trazem é o equilíbrio da flora intestinal, o que ajuda na perda de peso, pois um intestino equilibrado, absorvendo os nutrientes corretamente é um fator essencial para um emagrecimento saudável e duradouro. 

- Abacate:

Tem uma alta concentração de gorduras benéficas, que promovem saciedade por mais tempo, o que ajuda na perda de peso. Claro, a fruta tem alta concentração de calorias, mas elas provêm da gordura monoinsaturada, o que ajuda a reduzir o pico de insulina, o hormônio que desencadeia o armazenamento das calorias extras sob a forma de gordura localizada. Além disso, o abacate contém ômega 9, que ativa outro hormônio que induz o corpo a produzir energia a partir dos depósitos de gordura, derretendo o que sobra no abdômen. Porém, se você quer emagrecer, cuidado! Não abuse das quantidades e evite ingerir diariamente. 100g da fruta, 3 vezes por semana pode ser o ideal.

- Frutas vermelhas:

As deliciosas frutas vermelhas, tais como framboesa, amora, morango, cereja, jabuticaba, mirtilo, melancia e uva roxa ajudam, e muito, a queimar gordura localizada. Elas são cheias de antioxidantes, que mantêm o sistema circulatório funcionando corretamente, o que melhora a irrigação dos tecidos e favorece a queima de gordura abdominal. Só uma dica: procure não tirar a casca e evite o açúcar! Fora isso, saboreie à vontade

- Chá verde:

Ele atua acelerando o metabolismo, o que eleva a temperatura corporal, além de aumentar a mobilização de gorduras estocadas. O chá verde também elimina os radicais livres, o que diminui a oxidação de gorduras. Só tenha cuidado para não beber o chá antes de dormir, pois ele pode atrapalhar o seu sono.

- Azeite:

O azeite, segundos estudos, evita a formação de gorduras na região da cintura, pois as gorduras monoinsaturadas presentes nele evitam o acúmulo de gordura nessa região.
Além disso, o azeite é excelente para prevenir doenças cardiovasculares. Só lembre-se de consumir o alimento sem pre cru, pois o cozimento transforma suas gorduras saudáveis em nocivas. Também tome o cuidado de não exagerar no consumo, pois ele é bastante calórico.

via: Q48hrs

Os alimentos que mais ajudam a queimar gordura localizada
- Peixes e frutos do mar:

Além de ser um alimento super saudável, ele também acelera a transformação da glicose em energia, impedindo que ela seja estocada sob a forma de gordura. E além disso, os peixes e frutos do mar em geral são ricos em ômega-3, um ácido graxo que ajuda a desinflamar as células de gordura.

- Óleos:

Nesse caso, me refiro aos óleos funcionais, como os de coco, que está presente em muitas casas. Esses alimentos atuam no metabolismo das gorduras, aumentando a quebra da dos ácidos graxos para produção de energia e, consequentemente, diminuindo as reservas de gordura. Então vamos incluir mais óleo de coco nas nossas receitas.

- Probióticos:

Aqui, entram todos os alimentos que contém lactobacilos. Alguns deles produzem um tipo de gordura que é capaz de reduzir o percentual da nossa gordura. Além disso, outro benefício que esses alimentos nos trazem é o equilíbrio da flora intestinal, o que ajuda na perda de peso, pois um intestino equilibrado, absorvendo os nutrientes corretamente é um fator essencial para um emagrecimento saudável e duradouro.

- Abacate:

Tem uma alta concentração de gorduras benéficas, que promovem saciedade por mais tempo, o que ajuda na perda de peso. Claro, a fruta tem alta concentração de calorias, mas elas provêm da gordura monoinsaturada, o que ajuda a reduzir o pico de insulina, o hormônio que desencadeia o armazenamento das calorias extras sob a forma de gordura localizada. Além disso, o abacate contém ômega 9, que ativa outro hormônio que induz o corpo a produzir energia a partir dos depósitos de gordura, derretendo o que sobra no abdômen. Porém, se você quer emagrecer, cuidado! Não abuse das quantidades e evite ingerir diariamente. 100g da fruta, 3 vezes por semana pode ser o ideal.

- Frutas vermelhas:

As deliciosas frutas vermelhas, tais como framboesa, amora, morango, cereja, jabuticaba, mirtilo, melancia e uva roxa ajudam, e muito, a queimar gordura localizada. Elas são cheias de antioxidantes, que mantêm o sistema circulatório funcionando corretamente, o que melhora a irrigação dos tecidos e favorece a queima de gordura abdominal. Só uma dica: procure não tirar a casca e evite o açúcar! Fora isso, saboreie à vontade

- Chá verde:

Ele atua acelerando o metabolismo, o que eleva a temperatura corporal, além de aumentar a mobilização de gorduras estocadas. O chá verde também elimina os radicais livres, o que diminui a oxidação de gorduras. Só tenha cuidado para não beber o chá antes de dormir, pois ele pode atrapalhar o seu sono.

- Azeite:

O azeite, segundos estudos, evita a formação de gorduras na região da cintura, pois as gorduras monoinsaturadas presentes nele evitam o acúmulo de gordura nessa região.
Além disso, o azeite é excelente para prevenir doenças cardiovasculares. Só lembre-se de consumir o alimento sem pre cru, pois o cozimento transforma suas gorduras saudáveis em nocivas. Também tome o cuidado de não exagerar no consumo, pois ele é bastante calórico.





via: Q48hrs

Encontre-nos no Facebook

Total de visualizações de página

Seguidores